Arquivos da categoria 'Filosofando'

Potinhos de ouro

Que você sempre encontre os seus. Feliz 2010. E segue o blog

dajanelalateral

65 comentários

Shana Tova My Dears!

Sim, para quem não sabe, amanhã é Rosh Hashaná, primeiro dia do Ano Novo Judaico. Este é um dia de festa, mas também de rever a sua missão no mundo.  O Rosh Hashaná pode ser visto como um dia de julgamento já que um de seus temas mais proeminentes é o simbólico “Livro da Vida“. A vidade um judeu depende se ele toma ou não a decisão de fazer correções durante o período do Grande Feriado através do arrependimento (teshuvah), da oração (tfiloh) - seja ela como for, e da caridade (tzedakah).

Nesta reflexão escolhemos metaforicamente entre a vida e a morte, entre a virtude e o pecado. Aqueles que se arrependem, estão no caminho certo para serem inscritos no Livro, que traz consigo a promessa de um ano bom e doce.

Desejo a todos um ano repleto de boas escolhas. Shaná Tová.

 

apple-and-honey

526 comentários

Inverno carioca…

…é uma coisa meio ar-condicionado de táxi Coopertramo (não chega a gelar, mas é agradável).

kilimanjaro

Foto: Ligia Ghizi (a.k.a. “mamãe”)

3.398 comentários

For only the hands of life can contain your dreams

LOVE ONE ANOTHER.BUT MAKE NOT A BOND OF LOVE
LET’S RATHER BE A MOVING SEA BETWEEN THE SHORES OF YOUR SOULS.
FILL EACH OTHERS CUP BUT DRINK NOT FROM ONE CUP.GIVE ONE ANOTHER OF YOUR BREAD
BUT EAT NOT FROM THE SAME LOAF.
SING AND DANCE TOGETHER AND BE JOYOUS.BUT LET EACH ONE OF YOU BE ALONE.
EVEN AS THE STRING OF A LUTE ARE ALONE THOUGH THEY QUIVER WITH THE SAME MUSIC.
GIVE YOUR HEARTS.BUT NOT INTO EACH OTHERS KEEPING. FOR ONLY THE HAND OF LIFE CAN CONTAIN
YOUR HEARTS.AND STAND TOGETHER YET NOT TOO NEAR TOGETHER:
FOR THE PILLARS OF THE TEMPLE STAND APART. AND THE OAK TREE AND THE CYPRESS GROW NOT
IN EACH OTHER’S SHADOW.
img00412

854 comentários

out.-inv. tropical

Finalmente. Por 3 meses, teremos um tiquinho assim, desse tamaninho assim, de dignidade.

O carioca esquece o aquecimento global, vai à praia e não mergulha, anda todo arrumadinho, deixa o gaspacho e até prepara consommé, quiçá fondue. É  uma fanfarra.

inverno

p.s.: Até o Google entrou no clima.

476 comentários

Mitologia, um bom vinho e uma bela vista

O Professor Gabriel Soares, pesquisador do núcleo de estudos da antiguidade da UERJ e membro da Astronomical League, continua com o seu trabalho de lecionar cursos de extensão cultural em parceria com a professora Bluette Bukowitiz, mestre em musica pela UFRJ e doutora pela Academia de Viena.

 

A próxima empreitada da dupla tem a proposta de fazer um apanhado de toda a história da mitologia clássica e das religiões e trazer possíveis interpretações para o mundo contemporâneo. As turmas têm no máximo 15 alunos e ocorrem no terraço de um charmoso bistrô na Rua General Garzon, no Jardim Botânico.

 

O curso vai de julho a agosto. Para maiores informações, entre em contato através dos números: 2487-1883 e 9234-1960.

 

Terraço do Bistro

71 comentários

Cinema e Filosofia, uma bela dupla

O Centro CAIXA Cultural Rio estreou em 16 de maio, “A História da Filosofia em 40 Filmes”. Com curadoria de Alexandre Costa e Patrick Pessoa, a mostra-curso põe em pauta temas filosóficos fundamentais e promove o diálogo de cineastas, como Bergman, Fellini, Glauber, Wenders, Kurosawa, Kubrick, Visconti e Godard, com importantes pensadores, entre eles Platão, Descartes, Kant, Marx, Nietzsche, Benjamin, Heidegger, Sartre e Foucault.

 

A mostra ocorre sempre aos sábados, em diferentes módulos, das 10h30min às 14h. Os temas são apresentados por uma palestra e seguidos de um filme e fazem refletir sobre diferentes questões tais como a metafísica, a epistemologia, a ética, a política e a estética. A entrada é franca.

 

Para conferir toda a programação visite o site: www.caixa.gov.br/caixacultural

 

Cartaz do Filme Blow Up

553 comentários

Sexo, Verdades e Biopolítica

350

E por falar em sexo…, vai aqui uma dica de um curso super interessante, sobre as mudanças na sexualidade do Ocidente desde meados do século passado até hoje.

Quem dá o curso é, nada mais nada menos do que, Joel Birman, doutor em Filosofia pela USP, pós-doutor no Laboratoire de Psychopathologie Fondamentale e Psychanalyse, Membro de Honra do Espace Analytique, Professor Titular do Instituto de Psicologia da UFRJ,  Pesquisador no Collège International de Philosophie, em Paris, e ainda autor de 14 livros.

O curso percorre a sexualidade no Ocidente a partir das obras de autores como Freud, Lacan, Foucault e Butler.

O primeiro encontro  trata do discurso da arte erótica para o da ciência sexual. O segundo, estabelece as proximidades e diferenças entre psicanálise e sexologia.  O terceiro,  fala sobre a ruptura do patriarcado e seus efeitos nas formas de sexuação: feminismo, movimento gay e transexualismo. E o último, trata da pedofilia e violência contra as crianças.

Biopolíticas, sexualidades e subjetividades é o nome do curso de quatro aulas que acontece no POP - Pólo de Pensamento Contamporâneo. 05, 19 e 26 de junho e 03 de julho. (21) 2286-3299.

 

553 comentários

BerryDown

Berrydown é um dos lugares mais bonitos que já fui,
uma composição perfeita entre a natureza e
e o bom gosto de seus donos. Verde em todas as escalas
Uma imagen fala mais do que mil palavras…

p1000102
BerryDown Cain - Andy Goldsworth
p1000110
p1000104
p1000113
p1000106p1000117p1000124p1000196p1000235p1000245
p1000191p1000048p1000209p1000251p1000122p1000115
Berrydown,

740 comentários

Sabe quando a gente tem a grande felicidade de descobrir pequenos (grandes) tesouros dentro de casa? O acervo de vinis de meu pai é assim; Lá na nossa casa de campo em Teresópolis, são centenas e centenas de raridades. É uma surpresa melhor que a outra.

 

Há uns três meses, estava descobrindo o Zé Rodrix. Tremendo sujeito carioca, músico, publicitário, etc. Junto com o Sá e com o Guarabyra ou em sua carreira solo, o Zé inventou esse tal rock rural (ainda muito moderno, desde a década de 70).

 

Há um mês, ouvi uma entrevista do Zé no tocador de fita de rolo com meu pai; Fui a um show incrível do Sá, Rodrix e Guarabyra com meu irmão e meus amigos, há poucos dias; Nessa terça, soube que ele (quando jovem) dividia apartamento com o pai de um grande amigo meu; Ontem li uma entrevista muito sincera dele, onde falava sobre o Simonal. Estava ouvindo Sá, Rodrix e Guarabyra todos os dias…

 

Quando, do nada, “passou mal e morreu”. É o fim da vida e sobe pro céu.

 

 

 

Grande Zé Rodrix, deixará saudades.

 

Obs.: Esse post ficou pesado e triste, mas não poderia ser diferente.

629 comentários

próxima »