Arquivos da categoria 'arte'

Vá ao teatro JÁ!

Peça boa, e preço bom.

Eu adoro ir ao teatro desde criancinha, e não é à toa. Minha mãe foi produtora de várias peças e eu sempre me encantei pelo clima dos atores de teatro, que sempre me pareceram bem mais reais e até ‘melhores’ que os da televisão. Por isso, eu nunca fiquei muito tempo sem procurarpor uma nova peça, mas conheço pouquíssimas pessoas que tenham esse hábito. Um dos argumentos mais frequentes é velho conhecido do meio artístico: ‘teatro é muito caro’. De fato, peças com ingressos a R$ 50 e até mais que isso não devem esperar um sucesso de público por puro interesse cultural. Geralmente, elas têm figurões tarimbados no elenco, que atraem os espectadores. Mesmo assim, o preço restringe sim, e muito, as opções de lazer da maioria dos cariocas, que acabam optando por outras diversas opções que a cidade oferece.

Devassa

Pois no Sesc Ginástico, em Copacabana, esse argumento não vale. Lá, você pode assistir à uma peça de qualidade como a nova montagem da Cia dos Atores, Devassa, por até R$ 16. E não é só isso: R$ 4 para comerciários, R$ 8 para jovens de até 21 anos, estudantes, classe artística e maiores de 60 anos.

Bacana, não?

O texto é inspirado na peça ‘A Caixa da Pandora – Lulu’, de Frank Wedekind, velho conhecido de Olinto que fez os primeiros estudos sobre o texto em 1990 e sugeriu a montagem atual. Como de costume, o grupo investiga a obra, buscando uma releitura criativa do original. Nesse caso, o manuscrito escrito por Wedekind entre 1892 e 1894, versão anterior da obra que sofreu modificações devido à censura alemã e redescoberta e publicada na Alemanha somente um século depois, em 1988.

Serviço:

Mezanino do Espaço SESC - Rua Domingos Ferreira, 60. Quintas e domingos às 20h, sextas e sábados às 21h30. Classificação: 18 anos.

705 comentários

Um show para não dizer adeus

Imagine um show intimista, feito fosse na sala de estar da sua casa, com todos muito à vontade, comentários entre artistas e público entre os intervalos das músicas, e um repertório de clássicos que ninguém cansa de ouvir, e a maioria sabe de cor.

Agora imagine que na platéia estivessem pessoas como o cineasta Arnaldo Jabor, e que esse show fosse de ninguém menos que Edu Lobo, acompanhado de um time de feras como Carlos Malta nas flautas, Lula Galvão na guitarra e Jurim Moreira na bateria. Pronto: você acabou de visualizar o delicioso show que o grande artista, que não subia aos palcos há 4 anos e há 15 não lançava um CD, fez ontem no Rio, para uma sala lotada, com ingressos esgotados.

O cenário não podia ter sido melhor: o espaço Tom Jobim, no Jardim Botânico, que eu não conhecia e agora já estou definitivamente apaixonada. É claro que as canções de rasgar o coração contribuíram para todo esse meu encantamento, mas o jeitinho de Edu, que eu nunca tive privilégio de ver ao vivo até então, foi o que mais me encantou.

fotos-novas-096

Com um carisma incrível, Edu Lobo não tocou no violão, e explicou que uma das músicas do repertório da noite, a maravilhosa ‘Ponteio’, deveria ser o título do show, já que um problema em sua mão, que inchou ao longo dos ensaios, o impedia de tocar. “Quem me dera agora eu tivesse a viola pra tocar…”, lamentou ele. Pois é, foi uma pena, mas parece que ninguém ficou chateado, assim como ninguém pareceu se incomodar com os lapsos de memória que, de vez em quando, pegavam Edu de surpresa, fazendo-o esquecer de algumas partes das letras. Nada que pudesse atrapalhar o encanto, que ficou visível ao fim do show, quando o público em peso cantou junto com ele ‘Pra dizer Adeus’, emocionando qualquer um que presenciasse aquela cena. São coisas assim que fazem do Rio um charme. Em plena quarta-feira, um encontro tão gostoso no coração do Jardim Botânico.

O show foi para o lançamento do novo disco, ‘Tantas Marés’, com seis composições inéditas com Paulo César Pinheiro, quatro recriações de parcerias com Chico Buarque e uma jóia com Cacaso quase esquecida no vasto e irretocável oceano de suas obras. Gravado no estúdio da Biscoito Fino, o álbum tem produção e arranjos de Cristóvão Bastos com a participação da cantora Monica Salmaso.

Edu Lobo deixou claro que sua arte não tem data para acabar, muito pelo contrário: ele ainda deixou o público com água na boca quando falou de seus projetos em andamento, e que está musicando uma letra inédita de Vinicius, o meu, o seu, o nosso saudoso poetinha. Mas pediu desculpas, e disse que não a tocaria naquela noite porque ela ainda não está pronta. Coisa de quem não simplesmente faz música, lapida. 

Ok, Edu, a gente espera. Ansiosamente…

219 comentários

A Casa dos Budas Ditosos

Foram alguns anos, mas eu consegui. Finalmente vi Fernanda Torres na pele da personagem que mais me chocou e supreendeu na adolescência. Eu precisava ver aquilo. Sabia que só uma atriz como ela consegueria satisfazer minha vontade de ver em ação aquela senhora safada que eu lia no ônibus, constrangida com as suas aventuras, e encolhendo o o tronco sobre o livro algumas vezes, como se os outros pudessem saber o que eu estava lendo.

Foto de Luciana Prézia

A peça ‘A Casa dos Budas Ditosos’ não decepciona quem, como eu, se apegou ao texto de João Ubaldo Ribeiro. Aliás, ele também está lá, e saiu dos alto falantes da sala de teatro do Fashion Mall com sua voz arrastada e o seu sotaque inconfundível,  apresentando aquela baiana que tem coragem de descrever minunciosamente suas relações sexuais, inclusive com mulheres, com o irmão e o tio. Tenho certeza que, em alguns momentos, eu e todo mundo rimos de nervoso. O texto é picante, e a própria protagonista diz, pouco antes de encerrar o monólogo, que espera que todos saiam dali morrendo de vontade de comê-la. A direção só podia ser do Domingos de Oliveira.

Com o sotaque e os improvisos de Fernanda, impossível não rir. Mesmo o ser mais pudoroso não resistiria.

Então vamos ao que interessa: a peça estreiou ontem, e fica na sala 1 do Teatro Fashion Mall. A temporada vai até o dia 02 de maio. Sexta e sábado às 21h30, domingo às 20h.

3.572 comentários

Rosana Ricalde na Arte em Dobro

fsb

Rosana Ricalde, ganhadora do Prêmio Marco Antonio Villaça, apresenta a exposição “O Navegante”, onde mostra diversos trabalhos que derivam de estudos das gravuras japonesas e caligrafia oriental e árabe.

Rosana Ricalde fez três residências no exterior (São Tomé e Príncipe, Holanda e Croácia. No Brasil, já teve suas obras expostas no Instituto Itaú Cultural, Instituto Tomie Ohtake, Memorial da América Latina, na Escola de Artes Visuais do Parque Lage, MAM do Rio de Janeiro e Pinacoteca de São Paulo).

A exposição acontece até dia 26, na Galeria Arte em Dobro, no Leblon. Rua Dias Ferreira, 417/ 205.

614 comentários

Corujão da Poesia

Todas as terças-feiras, poetas, escritores e amantes da literatura têm um encontro marcado para leitura e declamação de poesias.

 

O evento começa a partir das 21 h, no Restaurante & Pizzaria Pronto (Leblon - Rua Dias Ferreira, 33), e em seguida por volta das 00h30, quem resistir, poderá dar continuidade à programação na Livraria Letras & Expressões, no mesmo bairro, com a tradicional vigília até as 5 e meia da manhã.

 

Esta é a única vigília semanal de poesia, literatura e musica da cidade com o microfone aberto para que todos possam se manifesta. O evento não tem feriados e faça chuva ou faça sol, a programação é mantida religiosamente - graças a seus assíduos membros, como Joel do Saxofone e Jorge Ben Jor.

 

O Projeto ainda recebe doações de livros novos e/ou usados para a organização de bibliotecas e áreas de leituras em regiões carentes. Mais informações sobre as doações, podem ser obtidas pelo telefone 2138- 4851 (das 14h às 22h, com Marllow Piacentini ou João Luiz).

 

 

Corujao

656 comentários

‘Memórias Inventadas em Costuras Simples’

convite-memorias-inventadas1

A partir de fotos antigas, artista, Caroline Valansi, constrói histórias com costuras,  
desenhos e colagens em mostra que abre no dia 26 de agosto, 
no Centro Cultural da Justiça Eleitoral
.

Fotos descartadas, sem relação alguma com a artista, foram rasgadas, como se de alguma forma apagassem a sua história. Valansi procura em seu trabalho, recriar emoções que ali foram perdidas.

15 fotografia, do início do século até os anos 90, sofrem intervenções, criando novas relações humanas, imaginadas pela artista. Intervenções: desenhos, colagens, panos e costuras. Ela costura as relações instauradas na imagem original e reforça o tipo de união destes elementos: sanguíneas, emocionais ou circunstanciais.

Caroline Valansi, é formada em cinema e pós-graduada em Arte e Filosofia pela PUC, e direcionou sua carreira para as artes plásticas, já tendo trabalhado com Rosângela Rennó e com o fotógrafo Walter Firmo. 

A exposição inaugura em 25 de agosto, e estará aberta ao público até 25 de outubro, no Centro Cultural da Justiça Eleitoral, que fica na Rua Primeiro de Março, 42 – Centro. 2253-7566

Totalmente aprovada! Recomendo!

1-era_uma_vez_200x1502-menina-e-o-cao100x7512-r010

536 comentários

Os visitantes do Louvre

Queridões, mais uma de Alécio de Andrade:

 

O Museu Nacional de Belas Artes está com uma bela coleção de fotografias que mostra os visitantes do Louvre em seus mais inusitados momentos. São imagens tiradas por Alécio em preto e branco, de crianças, idosos, freiras e casais de namorados, que capturam a beleza dos quadros e a singularidade dos momentos. Vale a pena conferir. Fica até 13 de setembro.

 

Museu Nacional de Belas Artes: Avenida Rio Branco, 199 - Centro (Cinelândia), - Tel: (21) 2240-0068

 

Visitação: Terça a Sexta-feira das 10 às 18hs; Sábados, Domingos e feriados das 12 às 17 horas. Grátis aos domingos. (Venda de ingressos e entrada de visitantes até meia hora antes do fechamento do Museu).

 

Rapazes

155 comentários

sea of clouds

p1010154

p1010155

p1010158

p1010165

72 comentários

Caiu, levanta!

recomecos

Nessa quinta, 6 de Agosto, a jornalista Lina de Albuquerque lança no Rio de Janeiro, na Saraiva do Rio Sul. As 19:30hs, o seu tão falado livro: Recomeços.

Lily Marinho, Lucinha Araujo, Rita Cadilac, Adriana Bombom e outros mais, num total de 26 pessoas super interessantes, contam como lidaram com a mudança em suas vidas.

É difícil, mas TEM que SUPERAR, e porque não aprender um pouco com o caminho de outros?

Recomendo. Vamos?

600 comentários

Sabia!!!

 Madonna!!!

 Quem foi ao show, e quem em especial ficou muito perto dela  sabe do que eu vou falar.

 Fiquei extasiada com o olhar dela! É um olhar que prende, que seduz,  que tem um brilho,  que vai fundo sabe? Não é texto de apaixonada não. O olhar dela é assim mesmo. Assusta!

 Ela tem uma maquiadora incrível!!!

 Gina Brooke  acompanha Madonna e cria sua beleza. E vai além né? Dá um olhar incrível!

madonna_29540t

 Vi num site que ela tritura diamantes de 2 quilates na sombra que ela usa na Madonna.

 Se for verdade, o efeito é sensacional!

 Quero uma cliente pra eu fazer isso!

 Aiii! Eu quero ser a maquiadora da Madonna!!!

 Eu quero ver de novo…bem de pertinho…

 

      BJOs

592 comentários

próxima »