Arquivo de setembro, 2009

2 e 1/2 pra lá, 4,3 pra cá

Ballet de Marseille + Flamand + Campana

metamorphoses

E como não poderia faltar, segue link -> Metamorphoses

99 comentários

Julia Monteiro de Carvalho

convite-julia-monteiro-de-carvalho-final1

Julia Monteiro de Carvalho apostando em seu talento como designer, e já tendo passado pelo estilo de marcas tais como Isabela Capeto e Andrea Marques, inaugura sua própria loja no Leblon.

Peças com inspiração em universos distintos, que apostam com charme e equilíbrio em referências românticas, punks e ousadas.

Um espaço super fofo na Dias Ferreira 64/302.

Cupcakes  e  Champagne brindam hoje a abertura da loja. Vale conferir!

814 comentários

Joias de Miriam Kimelblat no Casa Cor

miriam-kimelblat-art-jewelry-t_f-55-21-2540_8044_234_245

Miriam Kimelblat, mãe do nosso querido DJ Badenov(Xande Ostrovsky), lança quinta-feira, 1 de outubro na Joalheria de Lou Palhares no Casa Cor Rio de Janeiro, sua nova coleção de jóias.

O evento acontece de 14hs as 22hs.

As peças novas estão incríveis, e os preços também.

Vale conferir!

677 comentários

cinemania carioca

picture-1picture-3

image

I m gonna dance all night long

rocka1

image001

Carol, GIGI e a Tempo são imperdíveis
efly_salao

nazareth-no-espaco-tom-jobim

23 comentários

Promessa de um Bom Italiano no Rio

restaurante-la-fiducia

Abre mês que vem no Rio , o Restaurante La Fiducia.

Promete uma super cozinha, chefiada pela paulistana de 26, mas que até já faz parte, por três anos seguidos, do  “Guia Quatro Rodas Brasil”,  Chef Flavia Pascalicchio.

Gastronomia italiana, porém com um toque contemporâneo em Copacabana, ao lado do Beco das Garrafas, lugar que já foi reduto da Bossa Nova e da boemia.

O projeto arquitetônico é de Helio Pellegrino. Certamente boa comida e bom gosto!

503 comentários

Yael Sonia - Frescor do Inédito

yael

Designer de jóias brasileiras lança coleção Stack-a-Disc durante a New York Fashion Week 

Designer de jóias Yael Sonia, nascida em Boston e criada entre Nova York e São Paulo, teve suas obras expostas em feiras e galerias conceituadas no Brasil, França, Alemanha, Itália, Espanha, Suíça, Reino Unido e Estados Unidos. 

Suas criações são marcadas pelo frescor do inédito, pela ousadia e sofisticação de estilo atemporal: O engenhoso design de Yael se faz reconhecido com prêmios internacionais. Yael recebeu o prêmio internacional de design no Tahitian Pearl Trophy pelo colar “Spinning Wheel” da coleção “Perpetual Motion”, inspirada no movimento cinético de brinquedos infantis.  

Yael cria no seu ateliê/showroom em São Paulo, Brasil. Suas criações podem ser encontrados na Galerie Elsa Vanier, em Paris, e no Rio de Janeiro, com sua representante Adriana Socci Barbosa. 

O lançamento da sua nova coleção Stack-a-Disc  foi durante a New York Fashion Week,  e em outubro, será a vez de Paris e no mês seguinte, de São Paulo.

O Rio ainda aguarda Yael!

 

578 comentários

Mostra ‘Primeiros Olhares’

Já cantava Sade Adu, com sua velvet voice: “it´s never as good as the first time“. E quem não lembra (da música)?

A partir desta terça-feira, começará esta excelente mostra aqui no Rio. Acessando o blog, confira toda a programação, sinopses etc: http://primeirosolhares.blogspot.com/

primeiros-olhares

“O público da CAIXA CULTURAL poderá conferir entre os dias 22 e 27 de setembro de 2009 os longas-metragens de estréia de 12 diretores que vêm produzindo filmes fundamentais no cenário do cinema mundial.
Dentro desse panorama encontramos nomes de expressão como: Gus Van Sant, Lars Von Trier, Tsai Ming-Liang, Beto Brant, Claire Denis, dentre outros realizadores, que começaram a marcar presença em festivais de cinema e no circuito comercial exibidor entre os anos de 1980 a 2000.

A idéia é refletir sobre o estado atual das coisas a partir de um apanhado de diretores e suas primeiras obras. Desse modo é possível entender retrospectivamente o caminho que cada diretor trilhou e como os primeiros filmes dialogam com o que esses cineastas estão produzindo hoje.

Boa sessão!”

31 comentários

Shana Tova My Dears!

Sim, para quem não sabe, amanhã é Rosh Hashaná, primeiro dia do Ano Novo Judaico. Este é um dia de festa, mas também de rever a sua missão no mundo.  O Rosh Hashaná pode ser visto como um dia de julgamento já que um de seus temas mais proeminentes é o simbólico “Livro da Vida“. A vidade um judeu depende se ele toma ou não a decisão de fazer correções durante o período do Grande Feriado através do arrependimento (teshuvah), da oração (tfiloh) - seja ela como for, e da caridade (tzedakah).

Nesta reflexão escolhemos metaforicamente entre a vida e a morte, entre a virtude e o pecado. Aqueles que se arrependem, estão no caminho certo para serem inscritos no Livro, que traz consigo a promessa de um ano bom e doce.

Desejo a todos um ano repleto de boas escolhas. Shaná Tová.

 

apple-and-honey

521 comentários

Do lado de lá

Lá em 1998, assisti a final da Copa do Mundo em Lisboa, dentro da saudosa Expo 98. Na ocasião, o Brasil levou um sacode da França, dividindo os portugueses presentes (que não sabiam se torciam pro primo tupiniquim ou pra irmã torta de União Européia). Melhor esquecer.

Mas lembro bem como o “Pavilhão da Croácia” era badalado naquela Expo. Todos queriam conhecer aquele país que havia conquistado bravamente o 3º lugar na Copa e que surpreendia o mundo com sua determinação e simpatia. As filas davam voltas, era o Pavilhão Internacional mais concorrido da feira.

Agora, tempos depois, tive a oportunidade de entender o que é que a Croácia tem. Trata-se de um país belíssimo, não só pela sua história de superação.

Com o término dos conflitos na década de 90, o país encontrou em sua vocação turística um reforço importante à sua economia (alô Eduardo!!). E é mais do que justo que esteja recebendo cada vez mais turistas; afinal, a Croácia é banhada pelo mesmo Mar Adriático da costa leste italiana e o clima é muito convidativo pros europeus que descem procurando o verão.

Convidativos também são os preços dos seus balneários. A impressão que dá é que as praias croatas viram uma Babel ensolarada no verão. A juventude austríaca e eslovena desce toda pra lá. Os italianos também atravessam em massa. A festa é garantida. Sandálias o dia todo. Ouso dizer que há um jeitão carioca no ar.

E além das noites partying-hard nas ilhas, o país ainda guarda outras boas surpresas. A orla de Split (que muito lembra a Búzios de Maneco); o lindo parque nacional de Plitvicka Jezera (com cachoeiras e lagos de um azul inacreditável); o elegante porto de Trogir; os belos órgãos marinhos de Zadar; um perfume de lavanda que te persegue pelas diferentes cidades; Vale Googlear tudo isso.

Não foi a toa que o imperador romano Diocleciano curtiu sua aposentadoria por lá. 72 horas passam rápido na Croácia. É um país que vale a viagem.

502 comentários

A Mulher de Branco de Ipanema é tudo de bom.

Ana Maria e Irmão comemoram seu Aniversário

Ana Maria e Irmão comemoram seu Aniversário

 

Mais um ano de praia, mais um ano de vida, mais um ano desfilando e com muita pose por Ipanema.É aniversário de Ana Maria. Seu sorriso, seus papos que parecem absurdos(creia, só parecem, porque tem toda uma beleza que poucos são capazes de enxergar), sua gentileza… Ah, a Mulher de Branco de Ipanema, é tudo de bom!

Já foi título de Bossa Nova, já foi esposa de Marcos Vale, filha de Luis de Carvalho, já cantou e encantou com Sergio Mendes. Já morou na Califórnia,em Nova York, usou drogas leves e pesadas,  fala francês fluente, ronda pela sua antiga casa de Ipanema, conversa com fantasmas, só anda de branco.

Ana Maria Carvallho, ou Annamaria, como o título da Bossa Nova feita só para ela, é tudo isso e muito mais. É uma combinação de todas estas histórias que os cariocas,e até paulistas, enchem a boca para contar.

Ana Maria é puro encanto. Não me assusto com ela porque é magra, ou porque se veste como quer. Não me assusto com ela porque ronda pela cidade falando alto e sozinha. Não me assusto com ela porque dança pelas areias, ou “cavalga”, como gosta de dizer.

Me assusto sim com os que se vestem muito bem, e desfilam por ai como normais…

A verdade é que a “nossa” Mulher de Branco de Ipanema, já é patrimônio histórico, prestes a ser tombado!

Dia sem sol para mim, é quando passeio em Ipanema e não a vejo. Quando não desfila e colore nosso bairro.

Parabéns Ana Maria! E de presente, um milhão de sorrisos,  daqueles que você ainda irá conhecer e  encantar!

 

 

248 comentários

próxima »